Qui, 10 de Junho de 2021
Rua Delfino Facchina, 61 (Cidade Ademar) - Americanópolis - São Paulo/SP - CEP 04409-080
Renuniões Públicas
Tarde 2ª,  4ª,  e Sábado: das 14hs30 às 16hs00
Noite 2ª, 3ª, 4ª, 5ª e 6ª das 20hs30 às 21hs30 
Renuniões Públicas
Tarde 2ª,  4ª,  e Sábado: das 14hs30 às 16hs00
Noite 2ª, 3ª, 4ª, 5ª e 6ª das 20hs30 às 21hs30 

Evangelho

O Mestre do Amor - Augusto Cury



Atualizado: 10/06/21

 

VOLUME 4 
O Mestre do Amor – Augusto Cury 
Cap.11  – Consumando seu plano. O cérebro e a alma 
348 – O que significa retornar ao Pai 


 

A última frase de Jesus Cristo esconde um grande enigma. Das milhares de frases que ele proferiu durante sua vida, essa é sem dúvida uma das mais enigmáticas. O que significa entregar o seu espírito ao Pai? Que retorno é este? 

Vamos voltar a cerca de 20 horas antes da morte de Jesus e compreender as palavras contidas na sua mais longa e complexa oração (João 17). Ao terminar a última ceia, ele saiu da presença dos discípulos e fez uma oração surpreendente. Nela declarou pela primeira vez a sua identidade. Os discípulos ficaram confusos, pois o mestre nunca tinha orado daquela maneira. 

Jesus elevou os olhos ao céu e começou sua oração. Olhar para o céu também indica que o mestre estava olhando não para as estrelas, mas para uma outra dimensão fora dos limites do tempo e do espaço, além dos fenômenos físicos. 

Em sua oração ele começou a assumir abertamente que não era apenas um homem, mas também o filho de Deus. Declarou que era eterno, que habitava em outro mundo e possuía uma natureza ilimitada, sem as restrições físicas do seu corpo. Revelou algo perturbador. Apesar de ter pouco mais de 33 anos, disse: “Glorifica-me, ó Pai, contigo mesmo, com a glória que eu tinha junto de ti, antes que o mundo existisse” (João 17:5). 

A palavra grega usada no texto para “mundo” significa “cosmo”. Cristo declarou que antes que houvesse o “cosmo” físico ele estava junto com o Pai na eternidade.                                                                                       Há bilhões de galáxias no universo, mas antes que houvesse o primeiro átomo e a primeira onda eletromagnética ele já se encontrava. Disse que sua história ultrapassava os parâmetros do espaço e do tempo contidos na teoria da relatividade de Einstein. 

Ao dizer essas palavras, Jesus não delirava, pois era sábio, lúcido, coerente e sereno em tudo o que fazia. Mas como pode alguém afirmar que já existia no princípio do princípio? Como pode declarar que estava vivo no início antes do início, antes de qualquer princípio existencial? O que nenhum ser humano teria coragem e capacidade para dizer sobre si mesmo, Jesus Cristo afirmou com a mais alta segurança! 

O tempo é o “senhor” da dúvida. O amanhã não pertence aos mortais. Não sabemos se daqui a uma hora estaremos vivos ou não. Entretanto, Cristo foi tão ousado que inferiu que estava além dos limites do tempo. O passado, o presente e o futuro não o limitavam. As respostas do mestre eram curtas, mas suas implicações deixam embaraçados quaisquer pensadores. 

O Mestre da Vida continua, em vários aspectos, um grande mistério. Como pode um homem ter, a poucas horas de sua morte, um desejo ardente de resgatar o estado indestrutível, sem as restrições, imperfeições, angústias e dores que possuía antes do “cosmo” físico?  

Como pode alguém que está morrendo numa cruz declarar, no seu último minuto de vida, que entrega o espírito ao seu Pai, afirmando assim que o caos da morte não o destruirá para sempre?  

Fica mais fácil compreender por que, apesar de ter morrido na cruz há dois mil anos, Jesus ainda é o mais falado e conhecido dos seres. 

Depois de ter vivido e pisado como homem no árido solo desta existência e de ter passado seis longas horas na cruz, sofrendo agonias inexprimíveis, ele retornou à sua casa. 

A vida ficou mais agradável e suave depois da sua vinda. A humanidade conquistou novos rumos, pois uma revolução silenciosa passou a ocorrer na alma e no espírito de milhões de pessoas. Muitas ainda hoje se emocionam quando navegam por sua história. 

 

Estudos dos Evangelhos

Click no link abaixo, para ver o livro desejado

 LIVRO EM ESTUDO   O MESTRE DO AMOR - AUGUSTO CURY
 LIVRO TEMA:   O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO