Qui, 23 de Janeiro de 2020
Rua Delfino Facchina, 61 (Cidade Ademar) - Americanópolis - São Paulo/SP - CEP 04409-080
Renuniões Públicas
Tarde 2ª,  4ª,  e Sábado: das 14hs30 às 16hs00
Noite 2ª, 3ª, 4ª, 5ª e 6ª das 20hs30 às 21hs30 
Renuniões Públicas
Tarde 2ª,  4ª,  e Sábado: das 14hs30 às 16hs00
Noite 2ª, 3ª, 4ª, 5ª e 6ª das 20hs30 às 21hs30 

Evangelho

O Mestre da Vida - Augusto Cury



Atualizado: 23/01/20


VOLUME 4
O Mestre do Amor – Augusto Cury
Cap. 2 – Um príncipe no caos: por que Jesus foi um carpinteiro?
279 – O canto do galo
 
Jesus disse que Pedro o negaria três vezes antes que o galo cantasse (João 13:38). Foi exatamente o que aconteceu. Pedro era uma pessoa forte e realmente amava seu mestre, mas não se conhecia. Cometemos muitos erros quando não nos conhecemos.

Quem controla o território de leitura da memória é a emoção. Se ela estiver ansiosa e apreensiva, fecham-se as janelas da memória, impedindo a pessoa de pensar com liberdade.

Pessoas com raciocínio brilhante são capazes de passar por vexames simplesmente porque bloquearam sua memória nos momentos de intensa tensão. Muitas vezes em público perdem a segurança e a tranquilidade para produzir ideias profundas. Por quê? Porque a tensão emocional bloqueia os campos da memória.

Pedro jamais pensou que o medo conspiraria contra sua capacidade de pensar. Quando afirmou que, se necessário, morreria com Jesus, estava sendo sincero. Mas quando não conhecemos nossos limites somos capazes de gestos constrangedores.

A imagem do mestre sendo espancado sem reagir foi até o córtex cerebral de Pedro, fez uma leitura rapidíssima da memória e gerou um medo súbito que bloqueou sua capacidade de pensar. Quem de nós já não foi vítima desses mecanismos?

Pedro negou veementemente seu mestre. Ao negá-lo pela terceira vez, o galo cantou. Duas experiências foram registradas e se fundiram no seu inconsciente: a negação e o canto do galo.

A imagem do galo ficou superdimensionada em sua memória, por ter sido associada ao maior erro de sua vida. Talvez por isso Pedro tenha adquirido um medo exagerado do canto dos galos, por associá-lo ao fato de ter negado seu mestre.

Essa história fala de mecanismos que nós também experimentamos. Que tipo de fobia perturba sua emoção, controla a leitura de sua memória e engessa sua capacidade de pensar?

Jesus sempre foi um excelente psicoteropeuta. Ele sabia que Pedro ficaria traumatizado. Com seu olhar afetuoso, no momento da terceira negação, amenizou a zona de tensão da emoção do seu discípulo.

Dias depois, ao perguntar categoricamente e por três vezes se Pedro o amava (João 21:15), Jesus, com grande habilidade, ajudou-o a reformular as três vezes em que o discípulo o negou, assunto do próximo livro desta coleção: O Mestre Inesquecível. (*)
(*) Cury, Augusto J. Análise da Inteligência de Cristo - O Mestre Inesquecível. Sextante, 2006.
 
Em vez de produzir um homem saturado de conflitos, os inúmeros problemas do Mestre da Vida geraram um excelente médico da alma, um homem emocionalmente saudável.
 

Estudos dos Evangelhos

Click no link abaixo, para ver o livro desejado

 LIVRO EM ESTUDO   O MESTRE DA VIDA - AUGUSTO CURY
 LIVRO TEMA:   O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO